Como é ser nômade digital no Nordeste?

como-e-ser-nomade-digital-no-nordeste

Quando falamos sobre os destinos mais procurados pelos nômades digitais, na maioria das vezes nos lembramos de mencionar somente locais fora do Brasil e esquecemos o quanto temos cidades lindas e incríveis para conhecer aqui em nosso território. E isso me inspirou a contar para você como é ser um nômade digital no Nordeste e o quanto temos a desbravar dessa região lindíssima.

Esse assunto tem tudo a ver com a Expedição Farofa, minha atual jornada dentro do projeto O Mundo em Lanches. Trata-se do momento em que subi na moto e encarei a missão de conhecer mais a fundo as belezas e a culinária do nosso país.

Ficou interessado em saber mais sobre esse tema? Então, continue aqui com a gente.

O Nordeste brasileiro

Quando falamos sobre essa região do Brasil, estamos nos referindo a uma área geográfica que é lar para mais de 50 milhões de pessoas.

É a região com maior número de estados em nosso país, totalizando nove. E eles são agraciados com o contato com o oceano Atlântico.

Nesse sentido, não dá para falar do Nordeste sem falar de suas lindas praias, que somam quase 4 mil km ao longo de sua extensão. 

Ou seja, turistas do mundo todo vêm em direção a nós devido à tamanha beleza e variedade de locais a serem visitados. E por essas e outras que ser nômade digital no Nordeste é uma excelente opção para você que deseja adotar esse estilo de vida.

Vale a pena ser nômade digital no Nordeste?

Se você tem essa dúvida, já vou responder em primeira mão. Sim, vale e muito. 

Ao longo da Expedição Farofa, por exemplo, já estive em cidades como Cumuruxatiba, Trancoso, Arraial do Cabo, Porto Seguro e Itacaré – Tudo isso só na Bahia! – .

E de forma geral, as cidades turísticas têm um custo de vida mais alto e, no entanto, oferecem uma estrutura melhor para nós, que viajamos e trabalhamos ao mesmo tempo.

Dentro do mesmo contexto, é curioso como você encontra no mesmo destino paisagens contraditórias, como as lindas paisagens e locais extremamente carente. 

Por fim, é importante destacar que as cidades menores e menos conhecidas são mais baratas para viver e também tem belas paisagens para conhecer. 

Cidades do Nordeste estão no ranking dos locais mais baratos para viver no Brasil

Se você está pensando em ser nômade digital no Nordeste, tem mais um ponto importante que gostaria de dividir contigo.

No ranking das cidades mais baratas para viver no Brasil, Maceió, Olinda e Porto Seguro aparecem no topo da lista. Elas são excelentes para você incluir no seu próximo plano de viagem, pois todas elas possuem estrutura para você ser nômade digital no Nordeste.

Para finalizarmos, é importante destacar que ainda pode existir uma carência de infraestrutura em grande parte dos locais, o que vale pesquisar bastante sobre a cidade na hora de montar o seu roteiro de viagem. 

E, fique tranquilo: aqui você encontra 5 dicas para se tornar um nômade digital e realizar o sonho de viajar e trabalhar ao mesmo tempo.

Gostou das dicas? Depois conte para nós como foi sua jornada no Nordeste!

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments