Rodrigo Schmiegelow em matéria da Forbes

materia-da-forbes-nomadismo-digital

É com muita felicidade que compartilho que eu, Rodrigo Schmiegelow, fui entrevistado para uma matéria da Forbes falando sobre nomadismo digital. 

materia-da-forbes-nomadismo-digital
matéria da forbes – nomadismo digital

A matéria da Forbes: Anywhere office: como trabalhar de onde você quiser, aborda o tema com algumas dicas para quem quer aderir ao nomadismo digital como estilo de vida. 

rodrigo-schmiegelow-materia-da-forbes
Rodrigo Schmiegelow – matéria da Forbes

Começa com o relato da Marcela Menasce, que mudou de emprego de uma grande empresa para uma start up quando anunciaram que o trabalho presencial voltaria ao normal. 

Também divido a reportagem com Brian Chesky, CEO do Airbnb, que aderiu o trabalho remoto para explorar a plataforma que gerencia. 

> Relembro: eu também dei dicas de como escolher sua hospedagem no Airbnb.

Maria Fernanda Albuquerque, CMO da Havaianas, aproveitou a quarentena para aderir ao nomadismo digital explorando muitas cidades diferentes em 2021. 

A matéria da Forbes também entrevistou Ricardo Moreno, fundador da plataforma de conteúdo The Summer Hunter que aborda tema parecido mostrando como viver o verão o ano todo. 

Relembre minhas matérias sobre o tema Nômade Digital:

As quatro principais dicas da Matéria da Forbes sobre nomadismo digital:

1. Anywhere office não é férias

É importante aproveitar os lugares que estamos, senão nem teria porque praticar o nomadismo digital, mas é preciso sempre ter foco e lembrar como chegou até lá, isso é, normalmente porque tem uma fonte de renda ajudando. 

2. Mantenha a rotina

Por conta disso é importante ter rotina enquanto viaja, dessa forma consegue ter mais organização e aproveitar melhor os espaços flexíveis para conhecer os lugares onde está. 

3. Fique mais tempo

Uma coisa que aprendi é que para conciliar trabalho e aproveitar cada lugar por onde passa é fundamental ficar mais tempo. 

Dessa forma consigo fazer tudo com mais calma além de viver a experiência. 

4. Fuja dos centros

Neste ponto é mais questão de opinião. Para mim vale a pena ficar em grandes centros em alguns momentos pelo custo benefício, mas vale ler a matéria da Forbes, link abaixo, para entender porque esse tópico entrou como sugestão. Boa leitura! 

Leia a matéria na íntegra neste link

Quem sou eu?

Antes de continuar deixei eu me apresentar. 

Rodrigo Schmiegelow, publicitário especializado em Marketing Digital, hoje vivo como Nômade Digital (o que é isso), isso é, tenho liberdade geográfica e trabalho de qualquer lugar do mundo.

Iniciei uma viagem pelo mundo para conhecer lugares, culturas e culinárias regionais e vou trazer grandes surpresas a partir dessas experiências.

Siga o blog do Projeto O Mundo em Lanches pelo Instagram e acompanhe todas as novidades.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments