11 Esportes Radicais que todo mundo deveria fazer 

11-esportes-radicais-que-todo-mundo-deveria-fazer

Ter aventuras e praticar esportes radicais é muito bom para se sentir vivo, toda aquela adrenalina percorrendo o corpo e o medo que a gente sente enquanto faz, não tem preço.

Já fiz alguns esportes radicais que fizeram com que eu me sentisse vivo.

11 Esportes Radicais que todo mundo deveria fazer:

Assim como a Expedição Farofa, este é outro sonho que tenho desde quando era jovem, e só comecei a realizar com mais frequência na vida adulta. 

1. Mountain bike 

Desde criança andei muito de bicicleta, mas foi ao começar a trabalhar que consegui comprar uma mountain bike (bicicleta para fazer trilhas) e fazer alguns passeios desses.

Sensação

Gosto muito de pedalar em meio a natureza em estradas de terra ou barro, é uma sensação de integração com a natureza e liberdade. 

Nível de aventura

Pode variar muito, desde tranquilo em uma estrada de terra batida (estrada de chão) até desafios maiores em single tracks descendo alguma montanha em um trecho estreito, com buracos, curvas e pedras. 

Onde praticar

Veja essas dicas do blog Bike Registrada 

2. Paraquedas – Esportes Radicais

Pulei de paraquedas em fevereiro de 2018 junto com meu irmão mais novo. A ideia de saltar de um avião a milhares de metros do chão foi dele, e eu, que já tinha vontade, acabei sendo motivado por essa companhia.

paraquedas
paraquedas

Fomos até Boituva, uma cidade do interior de São Paulo, fechamos nosso pacote, vestimos a roupa adequada, tivemos algumas instruções e fomos até o avião.

Leia O que fazer em Boituva

Sensação

No avião eu lembro da sensação de ansiedade e medo, não sabia o que me esperava e eu só torcia para não dar problema no paraquedas.

Além de já sentir o ar rarefeito no aumento da altitude, o salto acontece em 12 mil pés (3.700 metros).

Após alcançarmos uma altura adequada para o salto nós pulamos com a indicação do instrutor, fui primeiro que meu irmão, que foi na sequência.

É uma experiência única, uma mistura de emoções, é estranho pensar que eu estava em queda livre de um lugar extremamente alto, caindo a mais de 200 km/h, mas valeu a pena cada momento.

Nível de aventura

Pelo risco de um salto de paraquedas, podemos considerar nível médio. 

Onde praticar

Nós fomos pelo São Paulo Paraquedismo, em Boituva. 

No Paraquedismo Sky Company existem opções por todo o Brasil. 

3. Trilha

Trilhas em meio a natureza podem ser bem tranquilas em pequenas estradas de terra ou mais tensas em matas fechadas, próximas a penhascos ou montanhas. 

Também pode passar por rios ou lagos, o que dificulta mais o trajeto. 

A maior e mais tensa que fiz foi a Trilha do Rio do Boi, no canyon Itaimbezinho na divisa entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul. 

Por lá passei por trechos estreitos, subi e desci pequenos penhascos além de entrar no Rio do Boi em diversos trechos do percurso. 

Foi a única trilha que precisei usar caneleiras contra mordidas de cobras ou animais peçonhentos.  

Sensação

Eu sempre gosto muito de fazer trilhas na natureza. Independente da dificuldade, a sensação de liberdade e conexão com a natureza sempre são grandes. 

Conforme mais desafiadora a trilha, mais se tem sensação de conquista ao chegar no destino final.  

Nível de aventura

Varia muito de acordo com a trilha.

Onde praticar

Como o Brasil tem muita natureza, trilhas estão disponíveis por todos os cantos, basta uma busca rápida no Google com trilha + o nome da cidade.

4. Paraglider – Esportes Radicais

Outro sonho que consegui realizar há pouco tempo: voar de paraglider ou parapente.

paraglider
paraglider

Sempre quis porque diferente do paraquedas, nessa modalidade você salta da montanha e plana por mais tempo.

Tudo bem que eu achava que chegava a durar 40 min cada voo, mas na verdade são 15 min, tempo suficiente para curtir a vista e sentir um pouco de adrenalina.

Sensação

Confesso que fiquei um pouco enjoado enquanto o instrutor girava para ganhar altitude, mas depois que começamos a planar sem o giro foi uma sensação incrível de parecer estar voando enquanto observava a região de São Conrado no Rio de Janeiro.

Nível de aventura

Médio para alto pois depende muito de fatores da natureza que podem variar de uma hora para outra.

Onde praticar

Eu fui em São Conrado no Rio de Janeiro com o Ruy do Yoga no Céu

Mas agora estou em Vitoria, ES, com a minha Expedição Farofa e por aqui também tem. 

Sei que tem em São Vicente, litoral de São Paulo, Atibaia, no Interior de Paulo e em quase todo lugar que tem algumas pedras altas e vento. 

5. Motocross

Esse esporte radical não cheguei a praticar, até tentei subir em uma moto mas tinha acabado de tirar a carta e não fluiu muito bem. 

Com um amigo que pratica o esporte, fui algumas vezes para a pista de motocross com ele para fazer algumas fotos e vídeo. 

Acho um esporte radical incrível. 

Na verdade, em minha viagem de moto, cheguei a arriscar algumas aventuras na areia e na lama, não chega a ser motocross mas foram experiências incríveis.  

Sensação 

Não cheguei a fazer o motocross em si, mas o pouco que me desafiei na areia e no barro foram as melhores experiências em relação a esporte radical, diferente da maioria das outras era eu e a moto, sem instrutor, e acho que isso traz mais aventura para a ação. 

Nível de Aventura

Médio para alto. Os profissionais dão saltos enormes com a moto pesada fazendo tudo junto. 

Onde Praticar

Há várias pistas espalhadas pelo Brasil, normalmente relativamente perto da região metropolitana mas já no interior. Vale uma pesquisa rápida no Google com motocross + a cidade.

6. Escalada Indoor – Esportes Radicais

Outro passeio radical com meu irmão mais novo, mas esse foi mais tranquilo.

Comprei um pacote de escalada e convidei meu irmão para ir junto, ele rapidamente topou e nós fomos. 

Foi uma experiência fantástica com meu irmão, já voltei mais vezes depois.

Ainda sonho em fazer a escalada na pedra mesmo, quem sabe em breve, acompanhe pelo Instagram. 

Sensação 

Neste caso a sensação maior é de pratica de esporte mesmo, é uma atividade que envolve muitos músculos diferentes. 

Também tem o desafio quando você escolha um caminho específico para fazer, na casa de pedra as presilhas tem cores diferentes, cada cor é um nível de dificuldade. 

Nível de Aventura

Por ser indoor, isso é, dentro de um ambiente fechado, tem um nível de radicalidade leve.

Onde Praticar

Em São Paulo tem uma casa de escalada bem famosa, a Casa de Pedra, o local é enorme, super apropriado para a prática desse esporte.

Esse esporte radical não é tão popular no Brasil e ainda tem poucos pontos para a pratia espalhados por ai. 

7. Jetski

Essa experiência eu já fiz no Guarujá e em Itapema

No Guarajá, na primeira vez que fui, meu cunhado havia tirado habilitação para pilotar jet ski e levou minha família para dar uma volta.

É muito divertido, ele comprou banana boat para prender no jet ski e foi mais divertido ainda.

Já em Itapema tive a oportunidade de guiar o Jetsky por alguns metros, além do amigo do meu pai, ter feito algumas manobras mais radicais no meio do mar, como zerinho e 8. 

Sensação 

Estou acostumado com moto e achei que seria a mesma coisa, mas não é. O mar com suas ondas e muito espaço aberto mudam muito a sensação. 

É bem gostoso e oferece adrenalina, principalmente pela falta de costume. 

Nível de Aventura

Esse esporte radical já começa com nível médio e pode aumentar muito de acordo com o que for feito no mar ou lago como manobras, aceleração e etc. 

Onde Praticar

As únicas vezes que pratiquei foi por sorte mesmo, por ter familiares e amigos que possuem o equipamento. Antigamente era possível alugar jet ski mas a legislação mudou e agora é necessário ter a carta náutica para praticar o esporte. 

8. Batismo de mergulho

Achei que seria o esporte radical mais tranquilo de todos, mas não, para mim não foi. Estava relaxado antes de entrar na água, mas o cilindro de oxigênio, que não estou acostumado, não me trazia ar suficiente. Demorei mais de 6 min para me acostumar a respirar debaixo d’água sem medo. 

mergulho
mergulho

Agora quero fazer de novo um pouco mais adaptado desde o começo. 

Sensação 

Depois que me acostumei a sensação foi muito boa, de relaxamento mesmo enquanto via uns peixinhos passando. 

Nível de Aventura

É mais opinião, mas sabe que estou debaixo d’agua e qualquer coisa que acontecer demoraria um pouco para voltar para cima me assusta mais do que pular de paraquedas, paraglider, jet ski e qualquer coisa. 

Onde Praticar

Fui no Master Dive em Arraial do Cabo, mas é possível encontrar o batismo de mergulho em vários lugares do litoral brasileiro. 

9. Pilotar avião

Sem dúvidas uma das minhas experiências preferidas. 

pilotar-aviao
pilotar avião

Eu gosto muito de voar como perceberam por aqui, neste caso voei em um monomotor do pai de uma colega de trabalho. 

Inclusive ele fez loopings com o outro pessoal que estava conosco e nos deixou pilotar o avião no ar e na hora de pousar. 

Sensação 

Como estou acostumado a pilotar qualquer coisa por terra, é bem interessante pilotar um avião onde a pista é o ar. 

Não vou lembrar o nome dos controles e pedaços do avião, mas nas asas tem os lemes que fazer o avião rodar, subir ou descer pelo direcionamento do vendo. Na traseira o leme que fica ali atrás é o que faz o avião virar.   

Nível de Aventura

Médio por estar em um meio avião aberto e pequeno, sente-se muito mais a força do vento. 

Onde Praticar

Aqui eu também não tenho ideia, fui perto de São José dos Campos com a oportunidade única dessa colega de trabalho.

10. Kart – Esportes Radicais

Já corri de kart várias vezes, porém o lugar mais legal que eu fui foi na Granja Viana, o lugar era imenso, os carros iam muito rápido..

Sensação 

Confesso que no começo eu estava um pouco tenso, pois ele vai bem rápido, mas depois eu fiquei mais tranquilo e foi muito divertido.

No final eu fiquei com um pouco de dor no braço, pois a direção era um pouco dura

Nível de Aventura

Baixa para alta, depende da pista, do nível de competição, da sua experiencia e dos outros que estão na mesma bateria. 

Onde Praticar

Comentei do Kartódromo da Granja Viana, mas também é um esporte radical bem popular com várias opções de pistas pelo Brasil. 

11. Rafting 

Também outra realização que fiz há alguns anos atrás depois de ter sonhado com isso por muito tempo. 

rafting
rafting

O rafting é desce um rio de corrente forte e, normalmente, trechos com pedras, rochas e pequenas quedas d’água em um bote. 

Sensação 

Eu gostei muito da experiência de navegar violentamente por um rio raso remando em alguns momentos para direcionar o percurso com pessoas que nunca tinha visto antes. 

Tem adrenalina e a imersão com a natureza que gosto muito. 

Nível de Aventura

Também pode variar bastante começando de um nível médio por estar em um rio de correntes fortes e muitas pedras. Qualquer queda pode ser perigosa. 

Onde Praticar

Eu fui em Brotas no interior de São Paulo, no mesmo estado também tem em Socorro, além de ser possível encontrar esse esporte radical em diversas regiões do Brasil. 

E você, quais esportes radicais já fez o quer fazer? Comente ai. 

Quem sou eu?

Antes de continuar deixei eu me apresentar. 

Rodrigo Schmiegelow, publicitário especializado em Marketing Digital, hoje vivo como Nômade Digital (o que é isso), isso é, tenho liberdade geográfica e trabalho de qualquer lugar do mundo.

Iniciei uma viagem pelo mundo para conhecer lugares, culturas e culinárias regionais e vou trazer grandes surpresas a partir dessas experiências.

Siga o blog do Projeto O Mundo em Lanches pelo Instagram e acompanhe todas as novidades.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments