Comida típica argentina – 18 pratos imperdíveis 

COMIDA-TIPICA-ARGENTINA

Um país rico culturalmente, amplo territorialmente e com grande influência da colonização espanhola e imigração Italiana, conhece a comida típica Argentina com 18 pratos imperdíveis. A gastronomia Argentina pode surpreender. 

O que você encontra na matéria Comida Típica Argentina

Quem sou eu?

Antes de continuar deixei eu me apresentar. 

Rodrigo Schmiegelow, publicitário especializado em Marketing Digital, hoje vivo como Nômade Digital (o que é isso), isso é, tenho liberdade geográfica e trabalho de qualquer lugar do mundo.

Iniciei uma viagem pelo mundo para conhecer lugares, culturas e culinárias regionais e vou trazer grandes surpresas a partir dessas experiências.

Siga o blog do Projeto O Mundo em Lanches pelo Instagram e acompanhe todas as novidades.

Um pouco da história

Com os Incas habitando a região dos Pampas antes da invasão espanhola, a gastronomia Argentina inicia com os pratos à base de milho como Locro, Tamales e Humitas, que ainda podem ser encontrados no norte do país, na região de Salta e Jujuy

Eu ainda não conheço essa área mas quero em breve, além de rica culturalmente, possuem paisagens lindas.

Até o início do século XX a gastronomia argentina ainda era muito elitizada, foi apenas com a chegada dos imigrantes que a comida Argentina começou a receber novas referências e se popularizar.

Foram mais de 6,3 milhões de estrangeiros entrando no país durante o período de 1870 a 1930.

Os Italianos, com suas massas (nhoque, raviole, canelones, risotos, pizza), foram os que mais influenciaram no que hoje é a comida típica argentina.

Além dos italianos, os espanhóis também tiveram muita influência na gastronomia Argentina, com outros tipos de massas e maior consumo de carne, depois novas influências com a chegada dos judeus, ingleses, árabes e alemães.

Ah! Tem a Erva Mate também, tão importante na vida social argentina que existe até o verbo Matear. O mate é símbolo nacional com propriedades digestivas e revigorantes, tomado a qualquer hora e em qualquer lugar – você sempre vê algumas pessoas com uma garrafa térmica de água, uma cuia e a erva mate em qualquer praça ou praia por todo o país. 

Fechando a gastronomia argentina com a adega, Mendoza é destaque neste sentido por sua altitude que influencia na anti-oxidação, além do clima propício para produção de vinhos.

O Malbec é considerado a melhor adaptação em solo Portenho, vale provar. 

Curiosidade sobre comida típica Argentina

A gastronomia argentina guarda algumas curiosidades além da imigração. 

Origem da criação bovina no país 

A carne é tão popular na Argentina com o gado tão difundido pela américa que até esquecemos que não temos um animal silvestre similar por essas terras. 

O auroque, extinto em 1627, foi o animal silvestre que originou o gado. Este animal que vivia na europa teve sua domesticação datada há mais de 5.000. 

Em 1556, com a invasão espanhola, chegaram a partir do Panamá as primeiras vacas atuais em território Argentino, com solo propício à criação de gado que se difundiu rapidamente no país. 

Kioskos – comida argentina

Depois me acostumei, mas o primeiro impacto com os Kioskos foi uma coisa estranha. 

Sou de São Paulo onde as grandes redes de supermercados estão destruindo os mercados de bairro e em todo lugar que passei na Argentina esses pequenos mercados ainda são predominantes.

Talvez até pela crise que assola o país há algumas décadas, é possível ver vários minimercados feitos na garagem ou adaptado em algum cômodo com janela para a rua nas casas mesmo. 

É como uma possibilidade de gerar alguma renda aproveitando a moradia. 

Pouca variedade de opções

Mesmo com toda essa cultura gastronômica, fora dos grandes centros como Buenos Aires e Mendoza, eu encontrei pouca variedade de opções de pratos. 

Me parece que por uma segurança quando se come fora de casa, em muitos restaurantes ou ruas gastronômicas encontrava sempre as mesmas opções:

  • Pastas (massas)
  • Pizzas 
  • Parrilla
  • Empanadas
  • Milanesa
  • Opções de carne de porco
  • Lanches (lomito e hambúrgueres)

Dificilmente fugia dessas opções em bares e restaurantes com muitos oferecendo as mesmas opções mesmo estando um do lado do outro. 

Cultura Gastronomia Argentina 

Talvez reflexo da crise que já atinge o país há anos, mas o item anterior se complementa com este da Cultura Gastronômica Argentina, parecendo que há um comportamento muito forte de faça vocês mesmos. 

Como assim? Em muitas praças, parques e praias (de rio e mar) existem as churrasqueiras prontas para serem usadas por quem frequenta as localidades. 

Talvez uma forma de economizar movimentando todo esse fluxo de cultura em relação aos Kioskos, pouca variedade em restaurantes e o faça você mesmo. 

Os melhores sanduíches Argentinos 

A comida rápida também é popular no mundo todo e, o melhor, é um dos alimentos que se adapta a cada região. 

Com a comida típica Argentina não seria diferente, no país dos nossos hermanos me surpreendi com sanduíches saborosos encontrados por lá. 

1 Lomito

Sabe aquele prato que é simples e você duvida que pode ser tão bom? 

lomito
lomito

É o caso do Lomito. Um dos sanduíches mais populares da Argentina por ter receita simples, relativamente barata e muito saborosa:

  • Fina fatia de lomo (um corte argentino que pode ser de porco ou boi)
  • Alface
  • Fatias de tomate
  • Ovo frito (quase sempre)
  • Queijo
  • Muitas vezes presunto
  • Maionese da casa
  • Pão do tipo de cachorro quente, um pouco maior

Encontrado por todos os lados: bares, restaurantes e carrinhos de rua. Sua simplicidade faz a receita ser bem padronizada em todos os lugares que comi, e deliciosa por sinal, um dos destaques da comida típica Argentina. 

Lomito em Mendoza – restaurante Barloa de um ex lutador de boxe:

Barloa – Endereço: M5500EIB Mendoza AR, Av. San Martín 300-282, M5500 EIB, Argentina

Lomito 348 em Córdoba:

Endereço: Av. Colón 1506, X5000 EQP, Córdoba, Argentina 

2 Sanduíche de Milanesa – comida argetina

Caramba! Esse surpreendeu muito em um lugar específico em Córdoba. Tudo bem, um pouco gourmet, mas incrivelmente saboroso. 

Em geral, o sanduíche de Milanesa é pão com maionese (os melhores são com maionese caseira), milanesa de carne bovina, suína ou frango, com salada (alface e tomate) e um molho especial. Também bem simples e delicioso. 

Bullanga Milanga – Sanduíche de Milanesa especial em Córdoba:

Endereço: Caseros 308, X5000 AHH, Córdoba, Argentina

3 Choripan 

Um dos lanches mais tradicionais da gastronomia argentina, esse está espalhado por todo canto, às vezes adaptado do país de origem, às vezes com suas particularidades criadas em outros países mesmo. 

Ainda mais simples do que os outros dois, o Choripan Argentino carrega como base o pão (estilo francês ou de cachorro quente), a linguiça e o molho chimichurri.

choripan
choripan

Essa é a base e, claro, a partir desses ingredientes o pessoal vai inventando mais. 

Comi três vezes esse sanduíche delicioso na Argentina. 

O destaque foi em um sujão em Buenos Aires, na verdade na região metropolitana. 

Parrilla Correntano

Endereço: Gral. Güemes 599, Crucecita, Provincia de Buenos Aires, Argentina

Em Rosário comi em uma barraquinha na orla do Rio

E em Buenos Aires também fui em um Gourmet que falo um pouco mais para baixo, na parte do Somebody Feed Phil. 

4 Hambúrgueres

Hambúrguer e hambúrguer em todo lugar, quase sempre com referência estadunidense e algumas adaptações locais. 

Por que ele está nessa publicação de o que comer na Argentina?

Porque também é muito popular e experimentei um dos melhores que já comi até hoje em Bariloche

Weiss Beer&Burgers

Endereço: Palacios 200-102, San Carlos de Bariloche, Río Negro, Argentina

5 Miga

Miga sua louca, é o sanduíche que salva. 

Feito de pão de fôrma sem casca, às vezes com três camadas, ele quase não tem recheio, é uma fatia de cada coisa e olhe lá, mas, por incrível que pareça, é o suficiente. Lembra muito os lanches que minha vó faz quase sem recheio.. rs

Também está por toda a parte:padarias, posto de gasolina, mercadinhos, kioskos, em todo lugar mesmo. Inclusive não comi nenhum extremamente especial, todos são muito parecidos, eles só me salvaram bastante nas estradas pelo país, já que tem bom custo benefício e sabor padrão, além de serem um pouco mais leves do que frituras ou empanadas. 

Comida Típica Argentina

E o que comer na Argentina não para por aí, mesmo, na minha opinião, com pouca variedade principalmente em cidades menores, o cardápio do país é rico e com cultura bem particular. 

6 Empanadas

As empanadas Argentina são famosas! E não é por menos. 

Existem vários tipos diferentes, quase todas são pequenas (cabem na palma da mão), com massa relativamente grossa e bem recheadas. 

empanada-de-verdura-de-La-Chicas-de-la-3
empanada de verdura de La Chicas de la 3

Tiveram duas que me surpreenderam:

Costumbres Argentinas –  de uma brasileira que mora há mais de 20 anos na argentina:

Endereço: C. 21 1043, Gral. Pico, La Pampa, Argentina

E a vegetariana das Chicas de la Tres – endereço mais abaixo. 

7 Alfajores

É quase impossível ir para esse país e não comer alfajores, essa é uma das verdadeira comida típica Argentina. 

alfajor
alfajor

A mais tradicional de todas são dois biscoitos recheados com doce de leite e cobertos com chocolate, delicioso. 

Tem também a de maizena, onde o biscoito é feito deste ingrediente, recheadas de doce de leite e com um pouco de coco ralado envolvendo o recheio, essas não são cobertas mas são muito gostosas também. 

8 Milanesa – comida argentina

Já falei sobre o surpreendente sanduíche com essa iguaria, mas o milanesa na argentina vai muito além disso. 

Assim como no Uruguai, está por todos os lados: restaurantes, mercados, padarias e até na comida de rua. 

Pode ser de carne bovina, suína ou aves e acompanhar batatas fritas, purê de batatas, pão, saladas e muito mais. 

A receita é simples: o bife de um desses animais, embebido no ovo e depois coberto com farinha antes de ser frito. 

Leia também: Comida Típica do Uruguai 10 Pratos Imperdíveis

9 Pasta Flora – comida típica Argentina

A Pasta Flora comi por acaso em um hostel que fiquei no Uruguai. 

Dois voluntários argentinos fizeram este prato para levantar dinheiro aproveitando o pôr do sol cheio de pessoas nas praças e praias de Montevideo. 

A Pasta Flora é uma torta com massa esfarelenta e recheada de doce de leite ou um tipo de goiabada mas de outra fruta. 

Além de experimentar no hostel, comi em uma parada de estrada próxima a Córdoba.

Parador “El condor”

Endereço: RP34, Córdoba, Argentina

10 Media Luna – gastronomia argentina

Os mini croissants também são muito populares no país. A popularidade se assemelha ao pão na chapa encontrado em São Paulo, é costume de muita gente tomar um café com duas medialunas, principalmente em Buenos Aires e região

Esses mini croissants são adocicados por fora, mas, em geral, é comido sem recheio. 

A dica em Buenos Aires:

Café Martínez

Endereço: Av. de Mayo 1102, C1085ABO CABA, Argentina

11 Bisteca de Porco ao Molho de Mostarda – comida argetina

Entre Córdoba e Mendoza encontrei muita bisteca de por com ao molho de mostarda com acompanhamentos como batatas fritas ou purê de batatas e até mesmo purê de uma batata doce da região que parece cenoura. 

Todos os que experimentei estavam muito suculentos e saborosos, fazendo do prato uma importante iguaria da gastronomia argentina. 

Em Nono

La Terraza Resto Bar

Endereço: Libertad 625, X5887 Córdoba, Argentina

En La Carolina

El Bodegón de Oro

Endereço: 16 de Julio 707, La Carolina, San Luis, D5757 La Carolina, San Luis, Argentina

Parrilla Argentina

Este texto já começa com a história da chegada da carne bovina na Argentina tamanha a importância e fama desses animais na cultura da gastronomia Argentina. 

A Parrilla é coisa muito séria neste país e, diferente do nosso churrasco, é feita em uma churrasqueira com fundo plano, a lenha é queimada em uma das laterais (dificilmente usam carvão) e espalhadas debaixo da grelha e espetos, dessa forma a carne assa lentamente ficando macia e suculenta. 

12 Morcilla

Para não ter tanta coisa óbvia assim, essa é a ideia do projeto O Mundo em Lanches, trago a Morcilla, parte muito popular da Parrilla Argentina. 

É um pouco confuso para nós brasileiros porque a Morcilla é parecida com o nosso chouriço, isso é, a linguiça de sangue. A linguiça normal deles é o Chorizo (o mesmo do choripan que falei mais acima). 

Em resumo, a morcilla é um embutido à base de sangue de porco cozido e coagulado, depois misturado com algumas especiarias – por isso é possível encontrar esse prata da culinária argentina doce ou salgado. No doce pode levar até algumas frutas.

Sua cor escura é por conta desse preparo. Eu gosto bastante. 

Além de comer na casa de amigos, experimentei em uma parrillera em Mendoza:

BULL AUTENTICA PARRILLA ARGENTINA

Endereço: Av. José Vicente Zapata 24, M5500 Mendoza, Argentina

13 Chinchulin – Intestino do Boi – comida argentina

Outro prato muito comum na Parrilla Argentina que não encontro com tanta frequência no Brasil é o Chinchulin. 

O que é a Chinchulin?

Chinchulin é o intestino delgado do bovino, que pode ser grelhada na parrilla ou frita. 

Eu descobri este prato a partir de dicas dos proprietários de um Airbnb que me hospedei no Rio Cuarto, então experimentei no interior de Córdoba assim que tive a oportunidade, além de comer novamente na mesma parrillera de Mendoza

Restaurante Parrilla Romagreda

Endereço: X5184 Capilla del Monte, Cordoba, Argentina

Se eu gosto? Eu acho interessante e diferente, mas de sabor e experiência não é meu prato favorito. 

No primeiro lugar ainda estava um pouco borrachento, o que dá uma sensação estranha. Em Mendoza estava mais bem assado e saboroso.

14 Bife de Chorizo – comida argentina

Finalizo a Parrilla Argentina com meu corte de carne favorito no país: O Bife de Chorizo. 

Esse nome também me confunde porque parece com o da linguiça, mas não tem nada a ver com essa outra iguaria também popular e muito famosa no país. 

O bife de Chorizo é o corte da parte do meio do contra filé. Por conta disso tem uma generosa camada de gordura na parte superior, lembrando a nossa picanha. 

É uma carne com pouco marmoreio, portanto tem uma textura mais firme do que o ancho.

Além de comer na casa de amigos e em Mendoza, também peguei dica do proprietário de um Airbnb que fiquei em São Luíz que me indicou seu lugar favorito na cidade para comer essa carne:

El Nuevo Quincho

Endereço: Ex Ruta 7 km 783, San Luis, Argentina

Gastronomia Argentina influenciada pela Italiana

Em geral os argentinos não negam o orgulho da ascendência Italiana especialmente em Buenos Aires. 

Como vimos no começo do texto, foram muitos imigrantes entrando no país no século passado, o que ajudou a tornar a Argentina rica culturalmente como é hoje em dia. 

Como os Italianos são conhecidos por sua comida, influenciaram muito a gastronomia Argentina como vamos ver em dois exemplos mais nítidos.  

15 Pastas

Massas em geral, difícil não gostar.

A gastronomia argentina é rica em pastas. Spaghetti, Nhoque, Penne e assim por diante. 

pasta
pasta

Deste prato é difícil falar, sendo bem feito é bom em qualquer lugar do mundo. 

Por lá comi em

Mendoza

Zitto

Endereço: Av. Arístides Villanueva 257, M5500EOU Mendoza, Argentina

Cordoba 

IT! Italy Ristorante & Café & Bar

Endereço: Av. Gral. Paz 120, X5000 Córdoba, Argentina

16 Pizzas – comida típica argentina

Com as pizzas vou ser sincero, as mais tradicionais da argentina não me agradaram muito. Massa grossa, estilo de pão ou encontrada em mercado, pouco molho e pouca cobertura, quando com presunto, esse ingrediente é colocado por cima do queijo ficando todo ressecado. 

Mas se vocês, assim como eu, ama uma pizza, aqui vai algumas dicas de quais procurar para se surpreender com o sabor mesmo em território porteño:

Pizza estilo nappo 

Com massa mais fina e macia, tem camada de molho mais generosa além de cobertura normalmente muito saboroso, comi em Mendoza:

Pizza Estilo Napo

Endereço: 45F4+36 Mendoza, Capital Department, Mendoza, Argentina

Pizza na pedra

Massa bem fininha, boa proporção de molho e cobertura, é assada na pedra o que deixa a pizza muito crocante e saborosa. Comi na região metropolitana da grande Buenos Aires:

Pizzería NUEVA GALLI

Endereço: Cnel. Lacarra 41, B1870 Crucecita, Provincia de Buenos Aires, Argentina

Street Food América Latina – Buenos Aires 

Confesso que de Córdoba minha intenção depois do resgate da moto que ficou por 1 ano e meio no Chile era voltar para o Brasil, mas por influência do programa da Netflix Street Food América Latina – episódio Buenos Aires, resolvi esticar mais de 800 quilômetros para conhecer a comida Argentina mostrada nesta série documental. 

Las Chicas de La 3

O episódio inicial do Street Food América Látina em Buenos Aires conta a história da Pato e como ela reestruturou o negócio familiar que estava quase fechando no gigantesco Mercado Central de Buenos Aires. 

Não vou dar spoiler nessa publicação, mas vou escrever uma apenas sobre isso. 

Dentre os pratos encontrados, o que tinha mais vontade de experimentar era: 

17 tortilla de papas rellena

A tortilla de papas rellena é uma receita espanhola pouco adaptada na Argentina, isso é, segue bastante a receita original. 

Tortilla de Papas Rellena
Tortilla de Papas Rellena

A do Las Chicas de La 3 leva batatas em cubos pequenos fritas em uma camada espessa de azeite, cebola e ovos, recheada com muito queijo e algumas fatias de presunto, junta tudo e vai ao forno para gratinar. 

É simplesmente incrível. 

Vale provar as empanadas delas também, as melhores que comi na Argentina. 

Las Chicas de La 3

Endereço: 34.7106566, -58.4939538, 1766 Tapiales, Argentina

La Mezzetta

Em um dos episódios conta a história de um dos funcionários mais antigos do La Mezzetta, tradicional pizzaria de Buenos Aires. 

O interessante é que mostram um monte de táxi parado na porta, indicativo de que o restaurante é bom e barato na cidade.

18 Fugazzeta – comida argentina

No La Mezzetta eu estava babando para experimentar a Fugazzeta. Depois que descobri que é bem tradicional na região com vários restaurantes oferecendo essa Comida Argentina. 

fugazzeta
fugazzeta

O que é a Fugazzeta? 

Leva massa de pizza, com muito recheio de queijo, é fechada e sem molho, mas leva uma cobertura com cebola e mais um pouco de queijo que deixa o prato incrivelmente bom! 

La Mezzetta

Endereço: Av. Álvarez Thomas 1321, C1427CDA CABA, Argentina

Somebody Feed Phil

Com Philip Rosenthal como protagonista, essa séria sobre comidas regionais também me deixou babando. 

Phil é o carismático apresentador dessa série que também passou por Buenos Aires (no Brasil ele conheceu o Rio de Janeiro). 

Dentre os pratos e restaurantes que ele passou, além do La Mezzetta, fui experimentar o Chori (um dos poucos que cabiam em meu orçamento). 

Chori Choripan 

O Chori é um restaurante especializado em Choripan, porém um pouco gourmetizado e com forte posicionamento para turismo – enquanto estava lá só vieram gringos comer. 

Eu preferi o Choripan de rua, mas vale experimentar a casa que oferece várias opções diferentes além de uma batata frita incrível. 

Chori

Endereço: Thames 1653, C1414 CABA, Argentina

Comida típica Argentina 

Claro que faltou muita coisa, por lá também comi o presunto crú em uma feira de final de semana em Maipu, região de Mendoza

Além de várias outras coisas que valiam sim, estarem registradas aqui. Mas o texto já está enorme e, se você conhece a gastronomia Argentina, deixe suas dicas nos comentários. 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments