You are currently viewing O Delicioso Tutu de Feijão à Mineira – comidas de minas
o delicioso tutu de feijão à mineira

O Delicioso Tutu de Feijão à Mineira – comidas de minas

Dentro todos os pratos que já experimentei, o delicioso tutu de feijão a mineira é um dos mais marcantes. 

Minas Gerais é quase um país de tão grande, juntando as dimensões com sua participação marcante na história do Brasil fez da sua gastronomia rica em variedade e sabores.

Leia Arroz de Cuxá – Maranhão

Quem sou eu?

Antes de continuar deixei eu me apresentar. 

Rodrigo Schmiegelow, publicitário especializado em Marketing Digital, hoje vivo como Nômade Digital (o que é isso), isso é, tenho liberdade geográfica e trabalho de qualquer lugar do mundo.

Iniciei uma viagem pelo mundo para conhecer lugares, culturas e culinárias regionais e vou trazer grandes surpresas a partir dessas experiências.

Siga o blog do Projeto O Mundo em Lanches pelo Instagram e acompanhe todas as novidades.

Como surgiu o tutu à mineira

Este prato começou a ser feito pelos escravos nos tempos das primeiras incursões bandeirantes.

Eles aproveitavam o caldo que ficava no fundo dos panelões onde os feijões eram feitos e adicionavam farinha de mandioca para engrossar.

É outro prato típico brasileiro criado a partir da exploração e que ganhou muita popularidade por seu favor e raízes.

Leia 9 Cidades Incríveis para Conhecer em Minas Gerais Viagem de Moto

O delicioso tutu de feijão à mineira

Conhecido também como ungui (u ou ü) é um prato típico da culinária mineira feito com feijão cozido, refogado e engrossado com farinha de mandioca ou de milho. 

Também pode ser associado à culinária típica de São Paulo por conta das variações trazidas pelos bandeirantes como o Virado à Paulista.

Tutu à Mineira vs. feijão tropeiro

O tutu é mais pastoso, hoje em dia é feito com feijão batido engrossado com farinha de mandioca ou de milho, podendo ter também costelinha de porco na receita.

Já o feijão tropeiro é preparado com parte do feijão batido e a outra parte mantido em grãos, acaba ficando mais grosso, muitas vezes parecendo até uma farofa aí invés de pasta e tem os grãos de feijão inteiros.

Eu gosto muito dos dois.

De onde vem a palavra tutu?

Vem do quimbundo quitutu, da língua africana “banta” mais falada em Angola, e quer dizer “papão”.

E você, já comeu o tutu à mineira? O que achou?

https://www.minasgerais.com.br/pt/blog/artigo/gosto-de-minas-tutu-de-feijao

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments