O que é Azeite de Dendê – comida típica da Bahia 

o-que-e-azeite-de-dende-comida-tipica-da-bahia

Desde que entrei na Bahia tenho sentido o que é Dendê, é muito mais do que comida típica e Óleo de Dendê, é cultura e representatividade.

Como Comida Típica da Bahia experimentei o Óleo de Dendê em caldos, purês, cremes e nos mais tradicionais pratos da região: a deliciosa Moqueca, o Vatapá, o Acarajé e o Abará, por exemplo.

Acho até engraçado porque quando eu comia comida baiana em São Paulo achava o Azeite de Dendê muito forte, com gosto predominante, mas na Bahia é diferente, é suave e saboroso. 

Alguns baianos também tiveram a mesma percepção ao ir a São Paulo e uma amiga da Bahia que estuda gastronomia me explicou que a qualidade do Azeite de Dendê interfere muito no sabor final e, claro, a quantidade usada para cozinhar também faz muita diferença. 

Estou na Expedição Farofa conhecendo culinárias regionais e a Bahia é o nono estado que visito. 

Quem sou eu

Sou Rodrigo Schmiegelow, publicitário e hoje vivo como Nômade Digital atendendo meus próprios clientes com o Marketing Digital, minha área de atuação. 

Tenho também o treinamento Metodologia Marketing Digital, onde ensino o que aprendi desde 2007 atuando na área. 

O projeto O Mundo em Lanches e a Expedição Farofa também podem ser acompanhados pelo Instagram, se gosta de gastronomia regional vai adorar acompanhar essa jornada: 

Como eu conhecia apenas o Óleo de Dendê, precisei pesquisar bastante para escrever essa matéria e gostei muito do conhecimento adquirido.

Mas vamos lá, afinal

O que é o Dendê?

O Dendê (Elaeis guineensis) é um pequeno fruto arredondado de cor alaranjada, um tipo de coquinho com três camadas:

  • A casca da amêndoa, que é bem rígida como a de todo coquinho, podendo ter mais de 2 mm de espessura;
  • A polpa, que é a parte alaranjada e que origina o óleo de dendê
  • E a própria amêndoa.
o-dende
o Dendê

Este fruto vem da palmeira dendezeiro, conhecido também como palma-de-guiné, dendem (Angola), palmeira dendem e coqueiro-de-dendê.

Essa palmeira pode chegar a 15 metros de altura e o interessante é que dá frutos o ano todo.

Ah! Os frutos crescem em cachos e ficam bem bonitos.

Nas fazendas especializadas neste cultivo (inclusive entre Itacaré e Salvador passei pela Rota do Dendê na BA 001 com muita produção desses frutos), os dendezeiros começam a produzir os primeiros cachos aos três anos de idade e podem dar frutos até os 30 anos.

Classificações do dendezeiro

O dendezeiro pode ter três classificações de acordo com a espessura dos frutos:

  • Dura – casca com mais de 2 mm e fibras na polpa
  • Psifera – esses frutos não possuem casca separando a polpa da amêndoa
  • Tenera – casca com espessura inferior a 2 mm e um anel fibroso ao redor

Curiosidades sobre o Cultivo do Dendê

Este fruto é o oleaginosa (que contém ou fornece óleos) cultivado pelo humano com maior produtividade, isto é, pode fazer 4,2 toneladas de óleo de dendê por hectare por ano. 

Para ter uma ideia de comparação, a soja, acho que o óleo mais popular no Brasil, gera apenas 0,4 toneladas na mesma área e período, é muita diferença! 

Mais uma curiosidade:

O óleo de dendê, em todas as suas formas, é atualmente o vegetal mais produzido e consumido no mundo.

A Indonésia e a Malásia, dois países da ásia, dominam 80% do mercado mundial.

O óleo de dendê tem mais de 30% do mercado de óleos de origem vegetal específicos para alimento! 

A Origem da Dendezeira

A Dedenzeira é de origem africana e foi trazida pelos escravos estima-se que entre 1539 e 1542.

O vegetal se adaptou muito bem ao clima brasileiro e acabou se integrando à paisagem (até mesmo por suas folhas longas como a de um coqueiro).

Curiosidade histórica: já foram encontrados registros do uso das dendezeiras nas cortes dos Faraós do Egito há mais de 5 mil anos. 

O que é Azeite de Dendê? 

Agora vai ficar repetitivo, mas é o óleo extraído da polpa do Dendê

Como é a extração do óleo de dendê? 

Existe o processo industrial e artesanal, neste segundo, normalmente se espera entre dois a três dias o amadurecimento do dendê para que os frutos se desprendam do cacho.

A diferença básica entre os dois processos é a quantidade de óleo extraído e a qualidade que se obtém. 

Dependendo da experiência e técnica de quem faz o processo artesanal, o produto final pode ficar mais ácido e indigesto. 

Já no processo industrial é possível conseguir mais óleo da mesma quantidade de frutos com qualidade mais controlada.

O óleo de dendê não requer nenhum solvente para a sua extração, em ambos os processos se utiliza água quente, vapor e muita pressão por meio de prensagem. 

Depois são macerados, amassados, pilados e colocados em meia vasilha, panela grande, ou qualquer coisa que se possa levar ao fogo. 

Neste processo se vai retirando com uma espumadeira o óleo que começa a flutuar no recipiente usado. 

Para aproveitar ainda mais a capacidade de extração do óleo, os frutos que acabaram cozidos são prensados em máquinas parecidas com as de produção de farinha. 

O óleo de dendê gerado é aquecido no fogo para evaporar o restante da água e depois de frio é envasado. 

Dendê também é cultura, e muita

Por toda a história de como a dendezeira chegou no Brasil e a relação com os escravos, este é um ingrediente de muito orgulho na Bahia

O Azeite de Dendê representa força, sabor e particularidade (é único). 

É um tipo de óleo que não se popularizou em outras partes do Brasil, tornando a culinária baiana ainda mais exclusiva e marcante. 

azeite-de-dende
azeite de Dendê

Existe o ofício da baiana que tem seu quiosque ou barraca onde vende os principais pratos produzidos com essa iguaria. 

Elas costumam usar o traje típico da baiana:

“O traje tipico das baianas é uma mistura da cultura no portuguesa, africana e islamica.

As saias rodadas e anáguas engomadas são inspiradas no estilo das senhoras portuguesas. Já os colares e pulseiras vêm da cultura africana; os turbantes, dos negros islamizados. “Os trajes das baianas são festas culturais”.”

Leia mais sobre os trajes típicos da baiana no Bahia Ws.

Principais pratos com Azeite de Dendê

Pratos típicos da Bahia:

  • Vatapá
  • Acarajé
  • Abará
  • Caruru
  • Moqueca
  • Pipoca Baiana

Por ser um óleo, pode se usar em praticamente tudo, esses de cima são alguns pratos típicos da Bahia onde o óleo de Dendê faz muita diferença no sabor e na cultura. 

E você, gosta dessa iguaria? Deixe nos comentários!

Se gostou dessa matéria deixe seu nome e email e acompanhe todas as novidades! 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments