You are currently viewing Cânion Itaimbezinho pela trilha do Rio do Boi
Cânion Itaimbezinho pela Trilha do Rio do Boi

Cânion Itaimbezinho pela trilha do Rio do Boi

Conhecer o Cânion Itaimbezinho pela trilha do Rio do Boi foi uma das experiências mais bonitas que já tive. 

Fiz a longa trilha do Rio do Boi que é uma caminhada por este rio até um ponto central do maravilhoso Cânion Itaimbezinho, o mais vertical do Brasil, que fica na divisa de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, nesta publicação tem tudo sobre a aventura. 

>> Conheça também os Cânions de Capitólio

>> Cascata do Caracol

Continuando a viagem de moto pela américa

Continuei viagem depois de uma semana na Praia do Rosa – saiba mais – rodando 200 e poucos Kms de moto por um trecho muito bonito da BR 110 até chegar na Praia Grande de Santa Catarina. 

>> Veja mais experiencias de viagens

Hospedagem na Praia Grande de Santa Catarina

Achei o Ecohostel dos Canyons na internet e fui direto bater lá na porta. Depois de um tempo esperando e ninguém atender já estava achando que o hostel não funcionava mais e então fui recebido pelo Osmar, um hóspede que estava voltando do mercado. 

Ecohostel Praia Grande Cidade dos Cânions
Ecohostel Praia Grande Cidade dos Cânions

Em seguida o Artur, voluntariado pelo Worldpackers – veja minha experiência na plataforma – veio me receber. 

Praia Grande de Santa Catarina
Praia Grande de Santa Catarina

O hostel é bem simples, fiquei em um quarto com duas beliches. Fui atacado por pernilongos a noite. Além de ser perto de rios, segundo o Alex, proprietário e guia turístico, tinham cortado a grama por aqueles dias, o que piora um pouco a situação. 

>> Valor da estadia: R$ 40,00

Fui recebido com um jantar vegano

Enquanto fechava a estadia e o passeio do dia seguinte com o Alex por telefone, o casal Osmar e Claudia terminavam de fazer uma sopa vegana e me convidaram para jantar com eles. 

>> Vai para Santa Catarina? Veja mais opções para o seu roteiro neste estado maravilhoso

Estava bem gostosa. Explicaram um pouco que são adventistas e participaram de uma imersão de um mês em um sítio para aprenderem mais sobre religião, alimentação e estilo de vida, depois disso deixaram de comer carne de vez. 

Fechando o passeio do Cânion Itaimbezinho pela trilha do Rio do Boi

Dei muita sorte que este casal também motociclista estava lá e já tinham reservado o passeio do Cânion Itaimbezinho pela trilha do Rio do Boi para o dia seguinte, aproveitei e fui junto. 

>> O valor do passeio com o guia Alex ficou em R$ 80,00 para mim. 

Como foi a trilha do Rio do Boi

Acordamos bem cedo no dia seguinte e comemos o café simples do hostel. O Alex deixou eu fazer uns lanches para levar com o que sobrou porque o dia seria longo. 

Entramos no carro dele e seguimos para o início da trilha no Parque Nacional Aparados da Serra

o-guia-e-o-casal-que-me-recebeu
Eu, Alex, Cláudia e Osmar

O passeio pelo Rio do Boi é de 14Km no total.

Os primeiros 3,5Km são em uma trilha de terra subindo e descendo alguns morros. Pelo caminho o guia explica sobre uma planta e outra e conta umas histórias como a do senhor que mora sozinho no meio do mato e não gosta de ver gente. 

Depois deste trecho começamos a caminhada de 3,5 km pelas pedras na beira do rio. 

Neste percurso atravessamos o Rio do Boi algumas vezes. 

O rio tem esse nome porque antes de virar área de proteção ambiental existiam algumas fazendas no topo e alguns bois caíam de cima da montanha no rio. Bréu, já era, porque Cânion Itaimbezinho é bem alto.

Para atravessar o rio fazíamos uma corrente dando as mãos uns para os outros. A maioria do trechos eram tranquilos, mas tinha um trecho ou outro que a água chegava na cintura e dava para sentir mais a força do rio. 

Alta Cachoeira Cânion Itaimbezinho
Alta Cachoeira Cânion Itaimbezinho

Entre uma travessia e outra passamos por algumas cachoeiras gigantescas, acho que as maiores que já vi, a água escorria do topo do cânion que chega a ter 700 metros. 

Chegando no Cânion Itaimbezinho pela trilha do Rio do Boi

Chegamos no ponto principal exatamente às 12h. Deve ser o melhor horário porque o sol estava bem no meio das montanhas e clareava os dois paredões que são divididos pelo rio. 

Segundo o Alex, os Cânions são formados pelo deslocamento dos blocos e não pelo desgaste dos rios, como eu imaginava antes – obvio que não lembrava mais das aulas de geografia que me explicaram isso em algum momento da vida. 

Cânion Itaimbezinho trilha do Rio do Boi
Cânion Itaimbezinho trilha do Rio do Boi

O lugar é lindo. As paredes são enormes com um rio de águas cristalinas parecendo minúsculo no meio. 

Paramos por um tempo lá, fizemos o lanche e voltamos pelo mesmo caminho parando em outras cachoeiras. 

O passeio do Cânion Itaimbezinho pela trilha do Rio do Boi durou umas 7 horas. 

Parque Estadual Aparados da Serra no topo do Cânion Itaimbezinho

No dia seguinte peguei a moto e segui viagem de novo, desta vez subindo a serra no sentido Cambará do Sul. 

No caminho também têm um acesso ao Parque Nacional Aparados da Serra, de onde é possível ver o Cânion Itaimbezinho de cima. 

Parque Estadual Aparados da Serra
Parque Estadual Aparados da Serra

>> Saiba o que comer em Pomerode, Santa Catarina

Neste parque tem duas opções de trilhas, uma de 1km e outra de 3km. Pelo cansaço do dia anterior, sol e o quanto ainda ia rodar de moto, decidi fazer a trilha mais curta. 

De lá vi algumas cachoeiras e o Cânion do topo, mas preferi muito mais a experiência por baixo. 

Única casa remanescente

Lá no topo tive uma surpresa muito boa. Existe uma casa meio fazenda dos anos 40 que resistiu a tomada de terrenos pelo governo para transformar toda a área em parque nacional. 

Cafe do Vô Marçal e Artesanato da Vó Maria
Cafe do Vô Marçal e Artesanato da Vó Maria

A casa fica aberta ao público como um café então fui conhecer Café do Vô Marçal e artesanato da Vó Maria.

Sem energia porque a proteção ambiental não permite, comi um pastel que estava delicioso e acabei ganhando um café depois de contar as moedas e não ter o suficiente. 

Leia também Parque Nacional de Aparados da Serra- Café do Vô Marçal e artesanato da Vó Maria

Cafe do Vô Marçal e Artesanato da Vó Maria
Cafe do Vô Marçal e Artesanato da Vó Maria

>> Já vi uma história parecida no PETAR, reveja aqui

O passeio todo no Cânion Itaimbezinho pela trilha do Rio do Boi foi incrível, uma das naturezas mais belas que já vi. Mas acho muito pouco explorado como beleza natural para o turismo no país. O engraçado também é que assim como Petar, proporcionalmente tinha mais pessoas de fora do Brasil do que brasileiros no passeio. 

Vá conhecer, vale a pena.

Rodrigo Schmiegelow em O Mundo em Lanches
Rodrigo Schmiegelow em O Mundo em Lanches

Sou Rodrigo Schmiegelow (Schmi), publicitário nascido em 86. Gosto de viajar e conhecer novos lugares e culturas desde os 11 anos. Passei pelo Canadá, África do Sul e Namíbia e agora estou em uma viagem de moto sozinho pela América (acompanhe no Instagram) para conhecer lugares, pessoas e gastronomia regional simples para o meu projeto O Mundo em Lanches onde vou transformar essas experiências em lanches deliciosos. 

Acompanhe todas as novidades:

Schmiegelow

Sou Rodrigo Schmiegelow, publicitário nascido em 86. Gosto de viajar e conhecer novos lugares e culturas desde os 11 anos. Passei pelo Canadá, África do Sul e Namíbia e agora estou em uma viagem de moto sozinho pela América - do Ushuaia ao Alaska - para conhecer lugares, pessoas e gastronomia regional simples para o meu projeto O Mundo em Lanches, onde vou transformar essas experiências em lanches deliciosos. E é só o começo, o plano é conhecer o mundo e trazer tudo para você! Acompanhe!
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Giovanna
Giovanna
1 ano atrás

Que lindo o lugar, realmente maravilhoso!

Kamyla
Kamyla
1 ano atrás

Com certeza entrará na minha lista! Lugar incrivelmente lindo, amei as fotos! O