You are currently viewing Guarda do Embaú, litoral de Santa Catarina
Guarda do Embaú, Santa Catarina

Guarda do Embaú, litoral de Santa Catarina

A Guarda do Embaú no litoral de Santa Catarina é conhecida como Guardinha para os íntimos

Eu prefiro chamar de Guarda do Embaú mesmo, não gosto de criar muito vínculo com as cidades pois prefiro não me apegar a seguir viagem e a Guardinha, ops, a Guarda do Embaú quase me pegou de jeito. Quem sabe um dia se ela ainda me aceitar de volta. 

O que vai encontrar nessa matéria:

Primeiro Ano Novo na Guarda
Primeiro Ano Novo na Guarda

A primeira vez que passei alguns dias lá foi no ano novo de 2013 para 14 e repeti a dose de 14 para 15. Foram poucos os lugares que fui mais de uma vez.

>> Pratos típicos da América do Sul

Segundo Ano Novo Novo por lá
Segundo Ano Novo Novo por lá

Um pouco dessa segunda passagem foi pela companhia dos meus amigos que estavam indo para lá pelo quarto ano seguido e, confesso agora, que o outro pouco foi porque gostei muito dessa região. 

Um lugar tranquilo

Foi vilarejo de pescadores por muito tempo e há menos de 15 anos começou a receber turistas. Indo por duas vezes seguidas percebi o quanto o número de turistas aumenta ano a ano. 

acessos por ruas de terra
acessos por ruas de terra

O clima de vilarejo ainda permanece. Não existem prédios, a rua comercial ainda é pequena e com via de concreto, algumas ruas ainda são de terra, a praia é limpa e têm muitos barcos de pesca.

O charme da Guarda

O maior charme da região é o Rio da Madre, que corta toda a areia da praia. Para acessar é preciso atravessa-lo, a água costuma chegar na cintura mas depende um pouco da maré. Sua travessia têm uns 300 mt. Então há opção de pegar um dos diversos barquinhos coloridos que ficam por lá e ajudam quem quer chegar do outro lado de forma mais tranquila.

Preço: nos anos que fui cada travessia custava entre R$ 2,00 e R$ 3,00.

Ria de Madre, Guarda do Embaú
Ria da Madre, Guarda do Embaú

A beleza natural da Guarda do Embaú

A praia da Guarda do Embaú também é muito bonita, a areia amarela é um pouco mais grossa do que o normal com água escura e ondas relativamente tranquilas.

Praia da Guarda do Embaú
Praia da Guarda do Embaú

Pedra do Urubu

Tem uma montanha onde é possível fazer algumas trilhas e ter uma bela vista do topo que pega parte da praia e muito do oceano. 

Onde comer na Guarda do Embaú

No centrinho tem algumas opções de restaurantes, nós preferimos:

O Restaurante Guardião do Embaú para almoçar, além de ser muito gostoso o prato é bem servido e conseguimos dividir em duas pessoas.

Vida noturna na Guarda do Embaú

Bares no estilo praiano e música todos os dias na alta temporada. A gente revezava entre o La Madre Guarda e o Biruta, com preferência para o primeiro com ambiente mais aberto e música brasileira.  

Hospedagem

Ficamos na pousada da dona Teresinha nos dois anos que fui. É uma pousada simples cuidada pela dona Terezinha, uma senhora com os seus 70 anos que mora há um bom tempo por lá. 

Dona Terezinha
Dona Terezinha

Eita Guardinha

Santa Catarina têm muitas opções de litoral, A Guarda do Embaú e Praia do Rosa são meus favoritos do que já conheci até agora. 

>> Leia também: Saí da Praia do Rosa mas ela não saiu de mim

>> Um pouco de conforto em Itapema

Tanto é que na viagem de moto que fiz por alguns países da América do Sul com a ideia de não repetir lugares que já tinha ido, dei uma passada rápida na Guardinha, mas só para um relembrar mesmo, sem apego.

Rodrigo Schmiegelow em O Mundo em Lanches
Rodrigo Schmiegelow em O Mundo em Lanches

Sou Rodrigo Schmiegelow (Schmi), publicitário nascido em 86. Gosto de viajar e conhecer novos lugares e culturas desde os 11 anos. Passei pelo Canadá, África do Sul e Namíbia e agora estou em uma viagem de moto sozinho pela América (acompanhe no Instagram) para conhecer lugares, pessoas e gastronomia regional simples para o meu projeto O Mundo em Lanches onde vou transformar essas experiências em lanches deliciosos. 

Acompanhe as novidades:

Schmiegelow

Sou Rodrigo Schmiegelow, publicitário nascido em 86. Gosto de viajar e conhecer novos lugares e culturas desde os 11 anos. Passei pelo Canadá, África do Sul e Namíbia e agora estou em uma viagem de moto sozinho pela América - do Ushuaia ao Alaska - para conhecer lugares, pessoas e gastronomia regional simples para o meu projeto O Mundo em Lanches, onde vou transformar essas experiências em lanches deliciosos. E é só o começo, o plano é conhecer o mundo e trazer tudo para você! Acompanhe!
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Tiago
Tiago
1 ano atrás

Saudades Guardinha!! hahaha lugar com uma vibe indescritível. Lendo o conteúdo deu vontade voltar

Kamyla
Kamyla
1 ano atrás

Sem apego, quero conhecer o lugar! Parece ser um lugar delicioso!