Ansiedade e nomadismo digital: nós precisamos falar sobre isso

ansiedade-e-nomadismo-digital-nos-precisamos-falar-sobre-isso

Ansiedade e nomadismo digital: afinal, o que será que esses assuntos têm em comum? Na verdade, eles estão totalmente conectados, o que torna essa temática super importante para nós. Pensando em ajudá-lo a lidar com esse sentimento, resolvi trazer esse tema para o post de hoje. 

Para nos apoiar nessa discussão, eu tive a oportunidade de bater um papo com a psicóloga Joseane Esteves, que deu dicas incríveis para nos prepararmos para a vida de nômade digital e para identificarmos situações perigosas relacionadas à ansiedade.

Continue aqui com a gente e sinta o melhor desta leitura!

O nomadismo digital

Antes de mais nada, o nomadismo digital surgiu com a ideia de conquistarmos a sonhada liberdade de trabalharmos de onde a gente estiver. 

Nesse sentido, você pode encarar esse novo estilo de vida de diversas maneiras, seja como funcionário remoto de uma empresa, como um profissional autônomo ou mesmo como um empresário.

Então, em todas elas o que têm em comum é o rompimento da barreira de sair de um escritório físico.

Na maioria das vezes, basta ter um notebook, um acesso a internet de qualidade e pronto: você pode tranquilamente trabalhar de qualquer lugar do mundo.

Em outras palavras, é exatamente tudo que você sempre sonhou. Mas também é aí que vem o desafio: lidar com uma série de coisas novas e sair totalmente da zona de conforto para encarar a aventura.

E o que é ansiedade?

Abordando o assunto ansiedade e nomadismo digital, nós precisamos entender o que de fato é esse sentimento.

Segundo a psicóloga, de forma resumida ele é o medo do novo. Normalmente, a ansiedade aparece quando você vai vivenciar novos momentos em sua vida, sejam eles bons ou ruins, e é uma resposta do seu corpo para se preparar para essa novidade

De acordo com Joseane, no Brasil, 63% da população sofre de ansiedade, devido a uma série de fatores, como o cenário pandêmico que acabamos de viver, excesso de trabalho, excesso de tecnologias e uma preocupação excessiva. 

Assim, o grande problema é quando a ansiedade começa a gerar prejuízos, fazendo com esse sofrimento por antecipação reduza seu rendimento emocional e cognitivo. 

Para se ter uma ideia, uma pessoa com ansiedade pode ter cansaço, aumento da pressão arterial, pupilas dilatadas, dificuldade para se concentrar e um senso de urgência enorme. 

A ansiedade pode te travar, e fazer com que sua experiência não seja legal como você imaginava. 

E quando isso deixa de ser uma situação esporádica e se torna corriqueira, é o momento que você deve procurar ajuda, para evitar o desenvolvimento de síndromes psicológicas que podem colocar seus planos e a sua saúde em perigo.

Ansiedade e nomadismo digital

Quando você dá play na vida de nômade digital, você terá sua carreira totalmente reinventada.

Você assumirá as rédeas da sua vida profissional, muitas vezes você que cuidará dos seus horários de trabalho e é preciso ter maturidade financeira para fazer tudo isso sem passar perrengue.

Esse conjunto de responsabilidades, para muitas pessoas, pode ser assustador.

Segundo a psicóloga, um grande motivo que pode levar à ansiedade é justamente a falta de certeza de que esse estilo de vida é para você. 

O sentimento de solidão e o medo de passar por problemas financeiros também podem ser gatilhos, e quando falamos sobre ansiedade e nomadismo digital, a resposta certa para se prevenir desse mal é se dedicar a um bom planejamento.

Planejamento é tudo de bom!

Em sequência, agora que você já compreendeu a relação entre ansiedade e nomadismo digital, vamos às dicas para evitar esse problema na sua nova jornada.

A Josiane comentou do quanto é importante ter um projeto de vida muito bem feito antes de colocar a mochila nas costas. Isso evita que você se questione quando já estiver no seu destino, ficando em dúvida se tomou a decisão certa. 

O planejamento é essencial para evitar a ansiedade, pois ele te deixa mais preparado para o novo no sentimento financeiro, cultural e emocional. 

Por fim, dê uma atenção especial à sua saúde mental. A jornada do nômade digital é cheia de surpresas e de novidades, por isso, para muitos, ela é tão atrativa. 

Assim:

  • Faça uma coisa de cada vez
  • Lembre-se de respirar
  • Se possível, coloque a meditação em sua vida
  • E fique atento aos sintomas: se a ansiedade se tornar recorrente, procure auxílio de um especialista. 

Portanto, muitas pessoas precisam de suporte profissional para lidar com esse borbulhão de novidades e, se esse é o seu caso, não deixe de procurar ajuda.

E aí, você tem sofrido desse verdadeiro mal do século?

Conte para nós nos comentários como é que você faz para lidar com a ansiedade! Nos vemos no próximo post!

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments